A manutenção da hidratação do nosso corpo é fundamental à nossa saúde. Caso isto não aconteça, abrimos caminho para que um conjunto de doenças do aparelho urinário interfira com o bom funcionamento do sistema digestivo. Mesmo com a desidratação ligeira, que pode causar diminuição da nossa capacidade de atenção, concentração e memória.

Existem pessoas mais vulneráveis à desidratação, como é o caso do lactentes, os mais jovens, grávidas e lactantes, idosos ou desportistas, doentes em estado febril, com vómitos ou diarreia. No entanto, todos nós estamos expostos a este risco e devemos assegurar as nossas necessidades hídricas diária para que o nosso corpo funcione da melhor forma. Aumentar os níveis de hidratação é uma prioridade.

 

O que pretendemos com este desafio?

  • Promover a água como fonte principal de hidratação.
  • Promover o consumo de sopa, frutos, vegetais e infusões não açucaradas como complemento de hidratação.
  • Garantir uma ingestão hídrica de 1,5l a 2l* por dia, preferencialmente sob a forma de água.
  • Aumentar a capacitação da população em geral e dos grupos mais vulneráveis para garantir um adequado estado de hidratação.
  • Envolver o cidadão na definição de estratégias para aumentar os níveis de hidratação e fornecer ferramentas para alcançar esse objetivo.
  • Mobilizar os profissionais de saúde, as instituições públicas e privadas, o setor da restauração e a indústria para a promoção de um adequado estado de hidratação dos portugueses.

* indicação geral para indivíduos adultos saudáveis.

 

Como vamos alcançar?

Cidadão

  • Conheça as suas necessidades hídricas consultando a tabela de recomendações.
  • Saiba que a água da torneira é uma opção com qualidade e económica.
  • Para garantir o consumo de 6 a 8 copos de água por dia:
    • Marque um horário para beber água;
    • Beba um copo nos intervalos dos programas de televisão;
    • Beba um copo de água sempre que beber um café;
    • Beba um copo de água sempre que lavar as mãos;
    • Leve consigo uma garrafa de água;
    • Coloque uma garrafa de água na mochila das crianças.
  • Inicie as suas refeições principais com sopa.
  • Consuma regularmente frutos e hortícolas que são naturalmente ricos em água.
  • Ingira infusões sem açúcar, água aromatizada com gotas de lima, limão, canela, entre outros, ou granizados.

Profissionais de Saúde

  • Desenvolver planos de hidratação adaptados a cada indivíduo ou grupo, incluindo estratégias práticas.
  • Monitorizar o estado de hidratação.

Instituições Públicas e Privadas

  • Promover o consumo de água nos estabelecimentos de ensino, de saúde, de apoio social e local de trabalho.
  • Facilitar o acesso ao consumo de água da torneira.
  • Incentivar a colocação de dispensadores/ jarros de água nos estabelecimentos de ensino, de saúde, de apoio social, de atividade física e local de trabalho.

Restauração

  • Disponibilizar jarros com água da torneira à temperatura ambiente e fresca.

Indústria e Retalho

  • Desenvolver opções de bebidas sem adição de açúcares e edulcorantes.
  • Maximizar a oferta de bebidas com reduzido teor de açúcares e edulcorantes.

secretario estado adjunto ministro saude

estesl

cnj

onmi

refood

adsfan

 barrigas amor

 travel flavours

apc

apnep

fadu

 cm vilapoucadeaguiar

cm alter do chao ipb caldasdarainha camaramunicipal logo changeit
fundacao portuguesa cardiologia empresas mais saudaveis    

gertal

nutricia

itau

iglo

palmeiro foods

inspira santa marta

 nestle health science  iogurte dia

jumbo

medtronic    

o peixe e fixe

eat like you mean it

portugal em forma

 nutrition hidration week